zurück

Os escoceses apostam na experiência em afiação suábia 2021-12-08

Para a visão geral

O centro de serraria escocês "The Saw Centre" fica em Glasgow. Suas raízes remontam ao ano de 1889 e, hoje, a empresa conta com 30 colaboradores. Há 20 anos que "The Saw Centre" confia na tecnologia de afiação suábia da casa Vollmer. Em abril de 2021, a empresa colocou em funcionamento sua nova afiadora CHD 270 da Vollmer, com um sistema de carregamento ND 250, para usinar lâminas de serras circulares com insertos de metal duro e geometrias de dentes complexas em um só passo, de modo totalmente automático e de forma ininterrupta.

Nomen est Omen na empresa "The Saw Centre", em Glasgow: este centro de serraria com uma área total de 20.000 metros quadrados afia, principalmente, lâminas de serras circulares e de serras de fita. Além disso, a empresa produz ferramentas de metal duro integral e comercializa máquinas para as indústrias transformadoras de madeira e metal. Hoje, "The Saw Centre" está na posse da terceira geração familiar e é gerenciada, em conjunto, por David Stevenson e Tony Galbraith.

Afiar geometrias de dentes complexas em um só passo

"Nos últimos 20 anos, as lâminas de serra se desenvolveram enormemente, sobretudo em nossos ramos de atividade centrais, madeira, metal, engenharia civil e plástico", afirma Tony Galbraith. "Para satisfazermos sempre primorosamente as exigências de nossos clientes e aumentarmos nossa produção, modernizamos nosso parque de máquinas. O mais recente upgrade foi uma CHD 270 da Vollmer, com um sistema de carregamento ND 250; recebemos esta dupla em abril de 2021."

A máquina CHD 270 da Vollmer, especialista em afiação de Biberach, consegue, graças a um conceito de rebolo duplo patenteado, realizar a usinagem completa de lâminas de serras circulares com insertos de metal duro em um só passo – sem troca do rebolo. Assim, "The Saw Centre" também consegue usinar serras circulares com geometria de dentes retos e chanfros laterais em uma só operação – anteriormente, esta ação demorava três dias de trabalho. A CHD 270 permite, ainda, afiar em um passo lâminas de serra com dentes alternadamente retos e inclinados. Os fabricantes produzem estas lâminas de serras circulares com geometrias dos dentes complexas para melhorar o rendimento e a resistência das lâminas de serra. Elas são usadas, principalmente, por empresas que usinam alumínio e plásticos de PVC. E também nos setores de processamento de painéis aumenta a procura de lâminas de serra biseladas com geometrias de dentes côncavos.

A tecnologia da Vollmer permite economizar muito tempo

Com o uso da nova afiadora CHD 270, "The Saw Centre" reduziu para metade a duração do processo de afiação de lâminas de serras circulares calçadas com insertos de metal duro – de 40 para 20 minutos. Um dos principais fatores determinantes foi o fato de que a troca manual entre duas máquinas existente até agora desaparece. "Além disso, podemos, pela primeira vez, equipar o sistema de carregamento ND 250 com serras de incisão portáteis, com um diâmetro inferior a 180 milímetros", afirma Scott McQuillan, gerente de "The Saw Centre". "Anteriormente, passávamos diariamente até três horas carregando manualmente estas serras de incisão. Agora, empilhamos até 70 unidades no sistema de robô e, assim, reduzimos o tempo de usinagem médio por lâmina de serra de nove para seis minutos."

Graças à combinação da CHD 270 com o ND 250, não só é possível afiar lâminas de serras circulares com insertos de metal duro de modo totalmente automático, como também usinar automaticamente sem interrupções e no fim de semana. Além disso, "The Saw Centre" beneficia do aperfeiçoamento de software, cinemática e consumo energético da nova CHD 270. Esta máquina robusta possui um sistema automático de varredura e medição que minimiza os erros no processo. A Vollmer substituiu o sistema de óleo hidráulico usado até agora por um sistema pneumático, o que torna o uso das máquinas mais limpo e seguro.

"Nosso cliente escocês "The Saw Centre" não documenta apenas o modo como nossas máquinas permitem otimizar a usinagem de serras circulares com insertos de metal duro, como também que a Grã-Bretanha, mesmo após o Brexit, continua sendo um mercado importante para a Vollmer", afirma Jürgen Hauger, diretor do Grupo Vollmer. "Fundamos a Vollmer UK há mais de 40 anos e, hoje, nossa filial em Nottingham emprega mais de 10 colaboradores."

Contacto para imprensa

Ingo Wolf
Marketing Services
EndereçoEhinger Straße 34 // 88400 Biberach/Riß
Virtual
Showroom