zurück

Afiar, usinar e cuidar corretamente de serras circulares Know-how sobre serras circulares

O manuseio e cuidado profissional é a chave para a utilização efetiva e produtiva das suas serras circulares em metal duro ou HSS. E isto não representa qualquer problema com a técnica de afiação correta e a devida máquina.

A afiação das superfícies do peito geralmente é executada de forma reta; porém, às vezes, elas também são afiadas na forma diagonal.

O processamento da superfície do peito também inclui a afiação de dente côncavo. Esta é elaborada por meio de um pino de retificação com alta rotação. No entanto, este método não pode ser utilizado para todas as serras circulares. Deve haver um determinado espaço de retenção, a fim de poder afiar a superfície do peito na retificação total. Aqui deve-se prestar atenção especial ao fato de que o pino de retificação tem de ser colocado exatamente centralizado em relação à espessura da lâmina da serra e em relação à largura do corte.

Com as máquinas de afiação adequadas para usinagem de superfícies do peito e superfícies do topo, poderá obter resultados perfeitos!

Mais diversificada do que a afiação da superfície do peito é a afiação da superfície do topo. As geometrias podem ser executadas de forma reta até quase redonda – conforme a área de aplicação da serra circular com insertos de metal duro. A superfície do topo é afiada com a retificação frontal ou total.

A afiação com processo de retificação frontal economiza mais tempo. No caso deste método, o rebolo deve simplesmente ser virado em um determinado ângulo, para produzir as mais diferentes formas de dente (como trapezoidal, topo, etc.).

Não importa qual geometria necessita: as máquinas de afiação certas atendem qualquer exigência.

As laterais de um dente da serra são retificadas, renovando-os no sentido do corte e do avanço, para evitar uma pressão das lâminas no material. Desse modo, a precisão da lateral do dente influencia de forma significativa a qualidade da superfície. A retificação é realizada uma vez durante a fabricação da serra circular no processo de retificação frontal ou total.

O corpo da haste das serras circulares equipadas com insertos de metal duro é constituído de aço temperado para ferramentas. As serras brutas possuem um alojamento de placa, sobre o qual são soldadas pequenas placas de corte de metal duro com ajuste perfeito. A solda é efetuada na produção com dispositivos automáticos. Entretanto, no caso de trabalhos de manutenção, o carregamento é feito manualmente com o auxílio de máquinas, pois, neste caso, apenas são substituídas as lâminas individuais rompidas. Como solda é utilizada a solda de prata ou em camadas.

O aparelho de solda de resistência é utilizado com maior frequência no caso de reparos de serras circulares. Com ele também podem ser removidos dentes defeituosos.

O seu contato

Tem questões sobre a VOLLMER? Deseja mais informações sobre os nossos produtos ou uma oferta individual? Basta nos telefonar!
Telefone +55 41 30722321
Endereço VOLLMER DO BRASIL
Ind. de Máquinas Ltda.
Rua Padre Estanislau Trzebiatowski 69
81750-390 Curitiba - Paraná