zurück

GrindTec: A Vollmer adiciona automação à anterior VGrind 360 e confere letra E ao modelo adicional 2018-03-14

Para a visão geral

A VOLLMER ampliou as funções da sua máquina de afiação de ferramentas VGrind 360 à automação, e uma nova variante. O especialista em máquinas de afiação e de eletroerosão equipou a habitual VGrind 360 com o carregador de corrente HC 4, bem como, com o dispositivo automático de troca para injetores de refrigeração. Também foi adicionada uma unidade de desbaste para a abertura automática do revestimento do rebolo, que permite trabalhar ferramentas de metal duro com ainda mais eficiência. Para além disso, no futuro, a VOLLMER disponibilizará uma nova variante da máquina de afiação, conferindo a ela a letra E. A VGrind 360E, como modelo inicial, está direcionada para as exigências específicas de serviços de assistência e fabricantes de ferramentas de menores dimensões.

A VOLLMER, especialista em afiação de Biberach, desenvolveu sua máquina de afiação de ferramentas VGrind 360 e a equipou com automatizações adicionais e melhorias técnicas. A VGrind 360 está disponível, basicamente, em duas variantes: com dois fusos verticais para pacotes de rebolos, ou com um fuso de rebolo mais um fuso de alta frequência (fuso HF) com um dispositivo automático de troca de ferramentas. O fuso HF permite a retificação de alojamentos especiais para placas PCD (diamante policristalino).

Automação ampliada para a VGrind 360
Novidade na VGrind 360 é a solução de automação HC 4, uma máquina compacta que abrange um carregador de correntes com 39 espaços para HSK 63-A (cone de veio oco) padronizado ou que, opcionalmente pode receber até 158 ferramentas de veio. Para a máquina de afiação de ferramentas também encontra-se disponível como opção, a unidade de desbaste, que permite a abertura automática do revestimento do rebolo. Esta permite remover automaticamente resíduos da afiação na superfície do rebolo. Este processo ajuda a manter o rebolo afiado durante mais tempo. Novidade é também a possibilidade de, na VGrind 360, poderem ser mudados automaticamente, não só conjuntos de rebolo, mas também, seus injetores de refrigeração. Os fabricantes de ferramentas podem assim reduzir os tempos de equipamento, usando a VGrind 360 com ainda mais eficiência para a produção de suas ferramentas.

VGrind 360E para a entrada simples
A VOLLMER conferiu a letra E a uma variante adicional da VGrind 360 – esta significa Entrada ou Entry. Com a VGrind 360E, a VOLLMER amplia seu portfólio para trabalhar ferramentas de metal duro como fresas, brocas ou escareadoras. A variante E dispõe de todas as funcionalidades principais e argumentos da anterior VGrind 360, no entanto, foi adaptada na área da automação e é disponibilizada sem carregador de ferramenta, mas com uma automação interna de ferramentas. Além disso, o modelo recebeu um design modificado e um painel de comando mais compacto.

A VGrind 360E dispõe basicamente da tecnologia comprovada de fuso duplo da máquina anterior e, também seu interior é idêntico à VGrind 360 – disponibiliza, por isso, as mesmas dimensões para a usinagem de ferramentas. Graças à comprovada tecnologia de precisão, é possível usinar ferramentas com a mesma qualidade e no mesmo tempo, como com a Vgrind 360. As adaptações na automação, o design e o painel de comando permitem que a VOLLMER comercialize a variante E com melhores preços. A máquina foi desenvolvida principalmente para a afiação de ferramentas em serviços de assistência, para fabricantes de ferramentas com tamanhos de lote menores e usuários finais.

"Nós adaptamos a VGrind 360 a diferentes exigências e mercados, para tornar a afiação de ferramentas flexível", diz o Dr. Stefan Brand, diretor da VOLLMER em Biberach. "Com a VGrind 360E conseguimos atingir uma alta precisão na aresta de corte, e isso com uma atrativa relação preço/desempenho para todos os mercados à nível mundial."

 

 

Contacto para imprensa

Ingo Wolf
Marketing Services
Endereço Ehinger Straße 34 // 88400 Biberach/Riß