zurück

Ligna 2019: Afiação de ferramentas com Indústria 4.0 2019-03-14

Para a visão geral

O especialista em afiação VOLLMER apresenta seu portfólio de produtos e serviços na Feira da Indústria da Madeira (Ligna) deste ano sob o lema "Shaping Success Together". Na rua 27, estande B60, a empresa Suábia disponibiliza máquinas de afiação e de eletroerosão para a Indústria de processamento de madeira, para afiar serras circulares e ferramentas rotativas. Seu foco está centrado na interligação na rede digital de pessoas e máquinas na produção. A VOLLMER apresenta aqui sua iniciativa digital V@dison que disponibiliza aos fabricantes de ferramentas uma entrada gradual e direta nos temas IoT e Indústria 4.0. De 27 a 31 de maio de 2019, os visitantes da feira podem ver as máquinas de eletroerosão VPulse 500 para ferramentas rotativas revestidas de PCD e também a máquina de afiação VGrind 360 para ferramentas de metal duro funcionando. A VOLLMER estabelece novos padrões na Ligna graças ao pacote de performance para a máquina de eletroerosão QXD 250 que permite atingir um aumento significativo da eficiência da máquina.

Na Feira da Indústria da Madeira Ligna 2019, na rua 27, estande B60, a VOLLMER apresenta soluções completas eficientes para usinar serras circulares e ferramentas rotativas para a indústria da madeira. Em destaque na feira está a nova iniciativa digital V@dison da VOLLMER, através da qual o fabricante de máquinas integra suas máquinas de afiação e eletroerosão em ambiente IoT (Internet of Things), para apoiar fabricantes de ferramentas na implementação de projetos dentro da Indústria 4.0. Para o efeito, a VOLLMER desenvolveu o Gateway IoT que permite a troca de dados entre afiadoras e as diferentes plataformas IoT. O Gateway IoT se baseia em normas de fonte aberta (Open-Source) e seus serviços são independentes da plataforma, para visualizar e processar dados de máquinas da VOLLMER e de fornecedores terceiros.

QXD 250: Usinar ferramentas PCD com mais rapidez
As ferramentas diamantadas, revestidas com diamante policristalino (PCD), possuem um significado crucial na produção de madeira e compostos. Na Ligna pode ser vista a máquina de eletroerosão por disco QXD 250 da VOLLMER. O gerador modificado e as funcionalidades de programa expandidos permitem uma usinagem mais eficiente e mais rápida. Com o carregador de circulação de paletes HC 5 e HC 11 é possível expandir a máquina em até 28 ou 64 espaços para peças. Para além disso, a VOLLMER tem trabalhado na otimização de processos na QXD 250: Agora, a empresa disponibiliza um novo pacote de performance, composto por software e hardware, que permite melhorar significativamente a eficiência e o desempenho da máquina. Isto é o resultado da combinação perfeita entre tecnologia de gerador, parâmetros de processo, avaliação da folga e tecnologia de acionamento. O pacote de performance é um dos primeiros produtos da nova iniciativa digital V@dison da VOLLMER.

VPulse 500: Erosão por fio para ferramentas de precisão
A VOLLMER também disponibiliza máquinas de eletroerosão por fio para a usinagem de ferramentas PCD. Na Ligna, a empresa apresenta a máquina de eletroerosão por fio VPulse 500. Com o seu gerador de eletroerosão e tecnologia avançada consegue produzir ferramentas PCD de elevada qualidade e em grandes quantidades. Uma moderna cinemática da máquina garante alta precisão dos perfis na produção e manutenção. Com o conceito de funcionamento da VPulse 500, a tela tátil permite programação e controle fáceis, para um trabalho rápido e sem erros.

VGrind 360: Produzir ferramentas em grandes quantidades
Também a máquina de afiação VGrind 360 irá se juntar à festa, de 27 a 31 de maio de 2019, em Hannover. É adequada para a usinagem de ferramentas de metal duro, tais como, brocas e fresas, que também são utilizadas em madeira para construção e para mobiliário. Graças a dois fusos verticais, a VGrind 360 usina e produz ferramentas rotativas de forma rápida e precisa, e em grandes quantidades. Com a VGrind 360, a VOLLMER coloca à disposição dos fabricantes de ferramentas uma solução para ferramentas rotativas com as mais diversas geometrias.

CP e CHX: Afiar serras circulares para o corte de madeira
Um outro destaque tecnológico é a afiadora CP 650. Ela permite afiar superfícies de retenção e superfícies livres de lâminas de serras circulares com inserto de metal duro, com diâmetros entre 80 e 650 milímetros. Além disso, no seu estande da Ligna, a VOLLMER informa sobre a nova CHX 840 e a CHF 270 que são usadas nos serviços de afiação ou no espaço de afiação de serrarias.

"Aproveitamos a Ligna para um intercâmbio intensivo com clientes e parceiros da indústria da madeira", afirma Dr. Stefan Brand, diretor do Grupo VOLLMER. "Além da eficiência, precisão e personalização, este ano também o tema digitalização tem um papel importante. As nossas afiadoras e serviços estão adaptados para Indústria 4.0 e IoT e garantem deste modo mais qualidade nas serras circulares e ferramentas rotativas."

Contacto para imprensa

Ingo Wolf
Marketing Services
EndereçoEhinger Straße 34 // 88400 Biberach/Riß