zurück

GrindTec: Cortina aberta para a máquina de afiação CHX da Vollmer 2018-03-14

Para a visão geral

Na feira internacional GrindTec 2018 a VOLLMER abre a cortina para a sua máquina de afiação CHX 840, que permite afiar num suporte as superfícies do peito e as superfícies do topo de serras circulares. Com o lema "Shaping Success Together", o especialista suábio em máquinas de afiação e eletroerosão explica as funções e possibilidades de utilização da CHX 840. A máquina foi adaptada às exigências de serviços de afiação e operadores de serrarias, que são obrigados a reafiar continuamente as serras circulares da sua empresa.

 

Ao desenvolver a nova máquina de afiação CHX 840, a VOLLMER tinha em vista os serviços de afiação, as serrarias e os fabricantes de móveis. A máquina, apresentada pela primeira vez na Feira GrindTec em Augsburg, é adequada para o processamento de serras circulares calçadas com insertos de metal duro com diâmetro até 840 milímetros, usadas para serrar madeira, alumínio ou metal. O portfólio é complementado com a segunda variante CHX 1300, que permite processar serras circulares com diâmetro até 1.300 milímetros.

O rebolo duplo garante velocidade
Com cinco eixos controlados por CNC, a CHX 840 consegue processar completamente serras com todas as geometrias do dente comuns – isso também se aplica a serras com ângulo axial e grupo dentado. Graças a um rebolo duplo, a afiação de superfícies do peito e superfícies do topo também é feita num só suporte, sendo os tempos de preparação da máquina reduzidos. Um dedo de avanço montado transversalmente com elevação pneumática, também permite um processamento de segmentos de partícula e anéis de partículas.

A automatização reduz os tempos de processamento
A VOLLMER equipou a CHX 840 com diferentes graus de automatização, para reduzir os tempos de processamento e de preparação. Assim, a máquina de afiação dispõe, opcionalmente, de um processo de ajuste automático, que é composto pela inserção da serra, detecção do diâmetro, assim como, por um sensor acústico para palpação. Através do sistema de sensores integrado no dedo de avanço, a inserção do passo do dente deixa de existir, e o ajuste automático dos ângulos de ataque e dos ângulos livres evita erros de ajuste. A solução de automação HS garante uma alimentação automática da CHX, para realizar uma operação totalmente automática de até sete horas. A programação e preparação da pilha de serragem é possível durante a operação da máquina. Com uma altura da pilha de até 180 milímetros, a alimentação automática da máquina pode receber até 25 serras circulares. Uma vez que as serragens com camadas intermediárias são empilhadas, é possível evitar quebras do dentado e danos nas lâminas. Devido aos diferentes graus de automatização, a máquina se adapta às necessidades individuais do cliente.

Conceito operacional comprovado confere segurança
O conceito operacional da CHX 840 é baseado no botão multifuncional da VOLLMER. Este, facilita a seleção e o deslocamento dos eixos, o que evita uma operação incorreta. Além disso, o volante exerce a função de potenciômetro para os operadores para poderem realizar adaptações de velocidade na operação automática. O motor de afiação reforçado, com velocidade de corte variável, garante uma alta capacidade de afiação nos dentados de serra com insertos de metal duro. Através da inserção variável das velocidades de afiação, é possível melhorar os tempos de processamento e os acabamentos de superfície durante o processo de afiação nas diferentes superfícies.

"Com nossa afiadora CHX, colmatamos uma lacuna em nossa oferta para o processamento de serras circulares com insertos de metal duro", disse o Dr. Stefan Brand, diretor do Grupo VOLLMER. "A produtividade e flexibilidade da CHX fazem da máquina um investimento rentável, também para pequenas empresas."

 

 

Contacto para imprensa

Ingo Wolf
Marketing Services
Endereço Ehinger Straße 34 // 88400 Biberach/Riß